Censo Coworking Brasil 2018


Um panorama completo sobre o mercado de espaços compartilhados brasileiro.

Evolução do coworking no Brasil

Depois da explosão de 2017, neste ano o mercado começa a se organizar e amadurecer para continuar evoluindo de forma mais sustentável.

No ano passado, tivemos um crescimento espantoso, com o mercado mais que dobrando de tamanho. Em 2018 essa taxa cai um pouco, como esperado, mas continua acelerada. Nesse mercado de mais de 200 milhões de pessoas, em que iniciar um negócio é tão difícil que afugenta até empreendedores experientes, a flexibilidade de espaços compartilhados começa a se espalhar cada vez mais.

1.194

Espaços conhecidos

De cinquenta a cinco mil metros quadrados. Nas capitais e no interior. Do asfalto à favela.

Em 2018 nós investigamos todos os municípios com mais de 150 mil habitantes, um por um, e encontramos espaços de coworking em 169 deles. De norte a sul.



26

ESTADOS DO PAÍS


169

MUNICÍPIOS DIFERENTES

Por estado

SP 465
RJ 123
MG 99
SC 88
PR 75
RS 64
DF 38
CE 37
BA 34
PE 29
ES 21
MT 19
GO 18
PB 11
MS 11
...continua

Por cidade

São Paulo 273
Rio de Janeiro 102
Belo Horizonte 62
Curitiba 42
Brasília 35
Fortaleza 34
Porto Alegre 34
Florianópolis 30
Recife 26
Campinas 26
Salvador 20
Joinville 19
São José dos Campos 16
Goiânia 15
Vitória 14
...continua

127 MI

DE REAIS MOVIMENTADOS
+57%

214 mil

PESSOAS CIRCULANDO
+2%

88 mil

ESTAÇÕES DE TRABALHO DISPONÍVEIS
+57%

7 mil

EMPREGOS DIRETOS
+100%
Qual é a população
da cidade?

51% +1 milhão de habitantes

16% 500 mil e 1 milhão

14% 100 e 250 mil

Fica na capital do estado ou interior?

55% capital

45% interior

Qual é o tipo de vizinhança
predominante?

57% comercial

40% residencial

2% universitária

Qual é o perfil do seu bairro?

32% bairro não tradicional

Estrutura & principais características

Uma dualidade interessante começa a surgir este ano. Enquanto por um lado algumas marcas consolidam suas atividades, com espaços amplos e estruturados, no outro lado cada vez mais as pequenas empresas, os cafés e os centros comerciais abrem suas portas para a comunidade local, mesmo que ainda de forma improvisada.

Estamos vendo uma grande pluralização do perfil dos espaços. Hoje não existe “espaço ideal”. Cada um vem experimentando diferentes tipos de estrutura, com diferentes serviços e testando o que funciona. Ao passo que um pequeno espaço aposta na proximidade do fundador com os membros, shoppings espalhados pelo Brasil confiam na sua atratividade para inaugurar espaços de trabalho.

Qual é a atividade principal da empresa?
76%
9%
6%

76% espaço de coworking
9% business center
6% empresa privada compartilhando espaço
Qual é o tipo de edificação do espaço?
36%
32%
13%
19%

36% casa
32% conjunto comercial
13% prédio completo
19% outros
Qual é o tipo de contrato do imóvel?
55%
45%

55% alugado
45% próprio
O espaço tem ligação com empresa terceira?
89%
6%
1%

89% não
6% empresa privada terceira
1% instituição de ensino

Atua em algum segmento de mercado específico?


75% não, meu espaço é multidisciplinar
12% indústria criativa
5% TI e tecnologia
8% outros

Maturidade do negócio

O faturamento anual médio cresceu, mas a lucratividade mostra uma pequena queda em relação ao ano passado. No geral, o mercado movimentou um valor estimado de 127 milhões de reais em 2017.

Pela primeira vez levantamos o valor de investimento inicial necessário e também a origem dessa verba. Em empresas de grande porte, mais de 23% já contam com investidores externos como fonte principal de captação de recursos. No entanto, no cenário geral, capital pessoal corresponde à realidade da grande maioria.

Como considera a maturidade do seu negócio?

33% são iniciantes

29% passaram da fase inicial e estão indo bem

7% estão maduros e estáveis

Como foi a lucratividade do negócio em 2018?

38% dentro do esperado

37% abaixo do esperado

14% tiveram prejuízo em 2018

21%

INICIARAM PROJETO DE EXPANSÃO OU PLANEJAM FAZER EM BREVE

9%

DECLARAM QUE O NEGÓCIO NÃO ESTÁ INDO BEM
Qual é a origem do capital inicial?

72% pessoal

10% empréstimo familiar

9% investidores

Qual foi o maior desafio para iniciar o negócio?

41% apresentar o conceito de coworking para a comunidade local

36% encontrar os primeiros clientes

7% projetar e planejar o espaço

R$ 327 mil

É O INVESTIMENTO INICIAL MÉDIO
2018
2017

R$ 257 mil

FOI A RECEITA ANUAL MÉDIA EM 2018
9% MAIOR QUE 2017
2018
2017

R$ 86 mil

FOI A LUCRATIVIDADE ANUAL MÉDIA EM 2017
4% MENOR QUE 2017
Qual é o objetivo do negócio?

94% têm fins lucrativos

3% sem fins lucrativos

3% negócio social

Como você considera o número de espaços na sua cidade?

62% suficiente para a demanda

23% insuficiente para a demanda

15% superior à demanda

1,2 unidades

POR EMPRESA, NA MÉDIA

A comunidade

Pequenas empresas de até três pessoas são a grande massa do público nos coworkings. No total, estima-se que mais de 200 mil pessoas passem por um desses ambientes mensalmente.

Seja para frequentar eventos, conhecer o local, fazer uma reunião ou efetivamente ter o seu ponto de trabalho fixo, mensalmente uma pequena cidade passa pelos 1196 espaços de coworking brasileiros conhecidos. É um público bastante qualificado, com poder aquisitivo, cujos principais valores são compartilhar e aprender.

Falaremos mais sobre o perfil dos coworkers na segunda fase do Censo 2018, que será divulgada em outubro.

21,2

COWORKERS RESIDENTES POR ESPAÇO

180

PESSOAS CIRCULANDO MENSALMENTE
Que tipo de plano é mais utilizado pelos coworkers?

57% planos mensais

10% plano por hora

5% planos por dia

Com que frequência seu espaço desenvolve eventos para a comunidade?

22% mensalmente

16% bimestralmente

9% semanalmente

54%

DOS ESPAÇOS PROMOVEM EVENTOS PARA SUA COMUNIDADE COM FREQUÊNCIA

76%

DOS FOUNDERS JÁ INDICARAM UM CLIENTE PARA OUTRO ESPAÇO
Qual é o tempo médio de permanência dos coworkers?


Menos de 3 meses (5%)
De 3 a 6 meses (21%)
De 6 a 12 meses (27%)
De 12 a 24 meses (14%)
Mais de 24 meses (5%)
Qual é o tamanho médio das empresas que frequentam o espaço?


Individual (17%)
Até 3 pessoas (40%)
De 3 a 6 pessoas (18%)
De 6 a 12 pessoas (2%)
Acima de 12 pessoas (1%)


















Acesse o estudo detalhado

Nós produzimos uma versão interativa deste estudo, em que você pode aplicar filtros regionais e identificar um perfil específico de negócio, além de conhecer outros dados inéditos.


















Quem contribuiu para este estudo

Das pessoas que responderam a este estudo, 94% eram fundadores ou gestores diretos de espaços ativos no Brasil.

Além de todos eles, este projeto recebeu o apoio de dezenas de empresas incríveis, as quais acreditam que os ambientes de coworking são verdadeiros espaços de desenvolvimento pessoal e profissional e precisam ser incentivados.

E ainda não acabou! Estas marcas lindas também estão com a gente:

Nós temos um orgulho enorme de todas as marcas que estão com a gente neste projeto. São empresas que realmente acreditam em inovação e empreendedorismo, querendo ver esse mercado se desenvolver cada vez mais.

Sobre a nossa metodologia

Se você possui um espaço de trabalho compartilhado, adicione seu espaço ao nosso mapa e seja encontrado por todo um novo público.

Saiba mais
Direitos de uso dos dados

Você pode usar qualquer dado deste estudo de forma livre, gratuíta e para qualquer fim, inclusive comercial, desde que sempre adicione um link para a fonte original do estudo.

Versão para impressão

Você pode baixar um arquivo em PDF com a versão para impressão do estudo.

Em breve
Coworking Brasil
Este estudo foi produzido pelo Coworking Brasil