Coworking em
Curitiba

Curitiba tem cerca de 1,8 milhões de habitantes, e é uma das capitais brasileiras que melhor mescla a estrutura de cidade grande com qualidade de vida. Cidade modelo em diversos aspectos, cresce por lá a força dos coworkings — de acordo com o Censo 2017, a capital paranaense já é a 4ª cidade brasileira com mais espaços e já são 44 coworkings em Curitiba. São vários os espaços compartilhados exemplares, e hoje listamos alguns que você precisa conhecer se você for da cidade ou mesmo se estiver de passagem por lá. Você encontra coworkings pelos principais bairros da cidade:  

Centro

O Centro de Curitiba é como qualquer outro: tem de tudo um pouco e um pouco mais! É por ali que o transporte para todos os outros bairros fica mais fácil, onde alguns shoppings se encontram e onde um pouco da história da cidade mora. Por lá existem muitos prédios antigos bem conservados, muitas praças e algumas araucárias e pinheiros para encantar a vista de quem passa. É ali que você pode conferir o Mercado Municipal de Curitiba, o Teatro Guaíra, a Araucária do Centenário, a Universidade Federal do Paraná, o Passeio Público e o clássico Largo da Ordem, perfeito para ir aos domingos em sua grande feira. A região do Centro Cívico é perfeita para o perfil de quem busca um coworking, pois mistura business e vida social. E para quem busca um local de trabalho nessa região pode conferir a Aldeia Coworking, localizado na Avenida Cândido de Abreu, 381. O espaço fica a três quadras do Shopping Mueller, tem agências de todos os bancos no raio de uma quadra, cerca de 20 opções de restaurantes (inclusive vegano) em um raio de 200 metros, 14 linhas de ônibus passando na frente ou por perto, além de diversos estacionamentos nas quadras próximas. A rua da Aldeia é a mesma da Prefeitura e do Palácio do Governo, ficando a menos de 10 minutos do Museu Oscar Niemeyer e do centro histórico de Curitiba e superpróximos da Rua Trajano Reis, um dos points mais procurados na noite curitibana devido a seus bares e pubs.

Batel

O Batel é um dos bairros mais badalados de Curitiba, tendo a maior renda per capita e os imóveis mais desejados da capital. É por lá que estão grandes arranha céus e shoppings referência em todo Estado. O bairro inicialmente era uma área residencial nobre, mas hoje já se pode fazer tudo sem precisar sair da região. Dentre os principais destaques do bairro estão o Shopping Pátio Batel, que possui cinema com tecnologia 4DX, além do foco em sustentabilidade — há um bicicletário e um vestiário com chuveiros dedicado especialmente aos ciclistas. Na região ainda há o Shopping Curitiba, o Crystal Plaza Shopping e o Shopping Novo Batel, repletos de alternativas de lazer e entretenimento para quem circula no bairro. A área também abriga restaurantes premiados, como o Batel Grill, o Mangiare Felice e o Manu. Para quem busca um espaço para trabalhar no bairro, o Nex Coworking é referência com seus 1.000 m² de estrutura, com estações compartilhadas, salas privativas, auditórios e salas de reuniões. O Nex fica na Rua Francisco Rocha, 198, e pelos arredores você encontra a bela Praça do Japão e o Castelo do Batel, além de ótimos cafés e locais para um happy hour.

Alto da XV

O bairro Alto da XV é um região super agradável de Curitiba, localizado na zona centro-leste. Um de seus destaques é a Praça das Nações, onde há um mirante sempre muito visitado para conferir o pôr do sol da cidade. O Ambiental Office fica em um ponto privilegiado do bairro, na famosa Rua Schiller, número 1797. Além de uma sequência de praças e parques infantis, a Rua Schiller é repleta de verde, tem quadras poliesportivas, ciclovias e uma tranquilidade única. O coworking fica em uma rua tranquila, localizada entre as ruas Augusto Stresser e Itupava. A região, também conhecida como Jardim Ambiental, por conta de toda a natureza que contrasta com o clima de cidade grande, fica a cerca de 10 minutos do centro da cidade. O acesso também é fácil para a Rodoviária de Curitiba e para o aeroporto. Também nesse recanto de calmaria e energia especial está o Ace Coworking, instalado na Rua Almirante Tamandaré, 500. Muito próximo do espaço fica a Praça e o Museu do Expedicionário, com um avião e carros de combate sendo exibidos ao ar livre. A região também conta diversos bares e restaurantes, com destaque para a Rua Itupava, uma das principais ruas de Curitiba para se comer e beber, e o Mercado Municipal, com restaurantes que oferecem desde comidas típicas brasileiras até refeições asiáticas. Há por ali também os shoppings Mueller e Estação.

Água Verde

O Água Verde mescla sua área residencial com uma rica área comercial, com muitos prédios corporativos com salas e escritórios. Possui grandes áreas de lazer, tornando a região acolhedora para quem quer passear com os filhos, animais ou se exercitar. Reúne a comodidade da área central da cidade com a tranquilidade de um bairro residencial. E para quem vive pelo bairro e quer encontrar um lugar próximo para trabalhar pode optar pelo Four Coworking, localizado na Avenida Getúlio Vargas, 3418. O espaço possui salas de atendimento para coaching, terapia e recebimento de clientes para profissionais de qualquer área de atuação, salas de reunião, sala de eventos e, claro, escritório compartilhado e salas privativas. Bem perto dali é possível encontrar um Supermercado Angeloni, a Cultura Inglesa Curitiba e o Clube Curitibano.

Boa Vista

Localizado na região nordeste de Curitiba, o bairro Boa Vista é predominantemente residencial e tem como suas principais vias as ruas Avenida Paraná, Avenida Anita Garibaldi, Rua Nossa Senhora de Nazaré, Rua Flávio Dallegrave e Rua Alberto Potier. Por começar a se afastar um pouco do centro da cidade, quem busca um local de trabalho pode buscar espaços compartilhados próximos, como o Projeto Coworking Ambiental, que fica na Rua Jovino do Rosário, 1374.
Continue lendo...

19 espaços conhecidos

12 bairros diferentes

Outros espaços conhecidos

Nós constantemente buscamos escritórios compartilhados em Curitiba, mas algumas vezes não conseguimos confirmar se este espaço ainda está ativo. Abaixo segue uma lista de locais que talvez não estejam mais abertos.

Mapa