Coworking em
São Paulo

Como já era de se esperar da maior cidade brasileira, São Paulo é o município com mais coworkings registrados no país. Berço desse formato de trabalho no Brasil, em 2018 a capital paulista já abrigava mais de 300 espaços, de acordo com o Censo Coworking Brasil, e a cada mês surgem novos escritórios compartilhados na cidade. As projeções para os próximos anos seguem muito positivas, afinal, são mais de 12 milhões de pessoas vivendo em São Paulo, e há cada vez mais demanda para crescimento. Já são mais de 50 bairros com opções de coworking, e por aqui nós selecionamos alguns dos mais populares entre os coworkers e com maior procura.

Pinheiros

Não é à toa que Pinheiros é um dos bairros com maior número de espaços registrados. A região é uma das mais queridinhas entre os paulistas, principalmente por quem gosta de viver um bairro que mistura o residencial com muitas opções de comércio e com o agito de bares e restaurantes. Mesmo sendo um dos locais mais efervescentes da cidade, Pinheiros tem um charme extra com suas ruas repletas de casas antigas e muito verde. Tem vários parques por lá: Parque Villa Lobos, Praça Benedito Calixto (e sua clássica feirinha aos sábados de manhã), Praça Panamericana, Praça Pôr do Sol e Praça Victor Civita. Para quem curte passeios culturais também existem várias opções. O Instituto Tomie Ohtake promove diversas exposições de arte contemporânea, bem como mostras de design e arquitetura. Pelo bairro também há o SESC Pinheiros, palco de shows, espetáculos de teatro, exposições, workshops e outras atrações para a família inteira. O bairro é superfavorável para ser curtido em um passeio a pé, mas também tem três estações do metrô: Faria Lima, Pinheiros e Fradique Coutinho.

Vila Mariana

Localizado na Zona Sul de São Paulo, o bairro também é bem popular e fica próximo de um dos principais cartões postais da cidade, o Parque Ibirapuera. Quem opta por um coworking na Vila Mariana pode aproveitar a região para um happy hour, já que as opções são supervariadas. São restaurantes e bares bem tradicionais, com ênfase para os pratos clássicos como coxinhas, pizzas e comida árabe. Alguns dos principais pontos de encontro: bar Veloso, pizzaria Carlitos, restaurante Genuíno, bar Jabuti e a lanchonete Ypê. Outro ponto importante do bairro é a Cinemateca, com diversas de suas exibições com entrada gratuita. O acervo do espaço conta com mais de 200 mil rolos de filmes e as obras exibidas são principalmente montagens nacionais e estrangeiras desconhecidas do grande público. O Sesc Vila Mariana também possui diversas alternativas de atividades para a família toda. Com auditório, teatro, quadras esportivas e até piscina, o espaço oferece uma programação diferenciadas e com preços muito acessíveis.

Consolação

Este é um dos bairros paulistas que certamente todos visitam vez ou outra. Isso porque ele abriga uma das pontas da movimentada Avenida Paulista, e é uma das regiões com igrejas e outros prédios históricos da cidade. O próprio Cemitério da Consolação atrai curiosos, por conta de sepulturas pomposas de famosos nomes da elite antiga do país. Outros pontos imperdíveis do bairro são a Biblioteca Mário de Andrade, que chama atenção por sua estrutura e também por seu acervo de mais de 450 mil obras, e a Praça Roosevelt, reduto dos skatistas e ótimo espaço para uma caminhada ao ar livre. Quem busca um lugar para trabalhar na Consolação ainda sai em vantagem por conta do transporte público: são três estações de metrô e diversas linhas de ônibus.

Vila Olímpia

Um dos centros financeiros mais importantes hoje em São Paulo, a Vila Olímpia em poucos anos se transformou um dos bairros mais desejados pelas empresas. As avenidas largas e os grandes prédios abrigam centenas de marcas importantes, tanto nacionais como internacionais. O bairro da Zona Sul costuma ser muito movimentado durante a semana, principalmente durante o horário comercial. A Marginal Pinheiros pode ser engarrafada nos horários de pico, mas não há como negar: não existe região mais promissora para as empresas que almejam um futuro grandioso. Grandes marcas estão instaladas em avenidas como a Brigadeiro Faria Lima, Leopoldo Couto de Magalhães e a avenida dos Bandeirantes, que possui muitos restaurantes e outros estabelecimentos famosos. Por perto também existem bons shoppings como o JK Iguatemi e o Vila Olímpia. Nos finais de semana, o Parque do Povo é lotado por famílias que aproveitam a estrutura para piqueniques ou exercícios ao ar livre.

Bela Vista

Uma das regiões mais desejadas para morar e trabalhar, o Bela Vista pode ser considerado o retrato oficial da cidade de São Paulo. Por ser um bairro centralizada, o acesso é super simples para quem opta pelo transporte público. É um bom ponto também por ser próximo do centro, a apenas algumas estações de metrô. Além das dezenas de linhas de ônibus, a área é contemplada com duas linhas de metrô: a linha 2 (verde), que tem as estações Clínicas, Consolação, Trianon – Masp e Brigadeiro; e a linha 4 (amarela), com as estações Oscar Freire, Paulista e Mackenzie. Nas redondezas da Avenida Paulista, por ser uma região supermovimentada o dia todo, também é possível fazer a maior parte dos percursos a pé com segurança. Quem opta por trabalhar em coworkings do Bela Vista também tem como vantagem o fácil acesso a todos os tipos de serviços. É possível encontrar bancos, mercados, livrarias, lojas e restaurantes desde os mais caros até os fast foods.

Itaim Bibi

A Zona Sul de São Paulo está cada vez mais em evidência. E o Itaim Bibi é um dos bairros em constante crescimento, por ser privilegiado por seus acessos, comércio e serviços diversificados. Grandes empresas têm escolhido a região para instalarem suas sedes, como por exemplo o Google São Paulo, Unilever e Facebook. Quem busca um espaço compartilhado para trabalhar pode encontrar diversos coworkings bem localizados perto de pontos como as Avenidas Brigadeiro Faria Lima, Av. Presidente Juscelino Kubitschek, Av. Cidade Jardim e Av. Nove de Julho, além de pontos de referência como Hospital Sírio Libanês (unidade Itaim), Jardim Europa, Museu da Casa Brasileira e Praça do Vaticano.

Vila Madalena

A Vila Madalena se tornou nos últimos anos o reduto queridinho dos jovens da capital paulistana. Por ser próximo da Universidade de São Paulo (USP), o bairro começou a ser habitado por jovens universitários nos anos 70 e desde então mantém a atmosfera jovial. Mas, além dor barzinhos e baladas, a região começa atrair cada vez mais moradores que buscam um local completo para viver. Por lá tem de tudo: desde padarias a espaços de yoga, além de ser um bairro com muita street art, com o ponto de destaque para o Beco do Batman. Pela região, muita gente utiliza transporte particular, mas também tem espaço para as bikes e ainda dá para utilizar a linha 2 (verde) do metrô, com a estação Vila Madalena. Quem quer trabalhar sem ter que sair do bairro encontra espaços compartilhados super bem localizados. Tem vários coworkings perto de pontos como o Boteco São Bento, Museu Instituto Tomie Ohtake, Praça Pôr do Sol, Praça Pan Americana, Mercearia São Pedro e Avenidas como a Brigadeiro Faria Lima e Av. Pedroso de Morais.

Brooklin

A região é um dos principais centros financeiros da cidade atualmente, e tem muitos de seus maiores prédios na Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros). Possui diversos edifícios residenciais e o tráfego é intenso durante a semana, principalmente na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini. Mas, de qualquer forma, é uma boa região para se trabalhar, pois está perto de muitos locais importantes. A cerca de 10 minutos do Aeroporto de Congonhas, o Brooklin é sede de grandes multinacionais como a Nestlé, Nokia e HP, em prédios grandiosos da nova arquitetura paulistana, como o World Trade Center de São Paulo. Por lá também estão os consulados de vários países como Canadá, Eslovênia, Hungria e Suécia, bem como a Sociedade Hípica Paulista, o Morumbi Shopping e o Market Place. O Brooklin é servido pela linha 9 (esmeralda) da CPTM, com a estação Berrini. Tem como cartão postal a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira e importantes vias de acesso como a Av. Santo Amaro, Av. Roque Petroni Júnior e a Av. Vereador José Diniz..
Continue lendo...

167 espaços conhecidos

73 bairros diferentes

Outros espaços conhecidos

Nós constantemente buscamos escritórios compartilhados em São Paulo, mas algumas vezes não conseguimos confirmar se este espaço ainda está ativo. Abaixo segue uma lista de locais que talvez não estejam mais abertos.

Mapa