Há quanto tempo você está sem beber água? Se você não criou o hábito de se hidratar sempre, posso apostar que já faz algumas horas desde o seu último gole.

Estudos sugerem um possível vínculo entre a desidratação e a redução cognitiva, já que quando sentimos sede, a água se torna uma questão de sobrevivência e o nosso corpo passa a ter preocupações mais urgentes do que focar no trabalho.

Cerca de 60% do nosso corpo é composto de água e, para se ter uma ideia, a perda média de água de um adulto é cerca de 2,5 litros por dia, que saem na urina, fezes e suor, podendo dobrar a quantidade em dias mais quentes.

Seu cérebro requer mais água do que qualquer outra parte do corpo, pois precisa do líquido para conduzir a informação de um neurônio a outro e recebe 20% de todo o sangue que circula. Quando ocorre uma queda de 5% do volume de água no corpo, seu cérebro perde em torno de 30% do seu desempenho.

Os neurotransmissores são totalmente dependentes da água. Quando o corpo está desidratado, a transmissão nervosa fica comprometida e a função cerebral diminuída.

Como criar o hábito de beber água no trabalho?

“Quando o organismo sente sede, o ideal é beber água em vez de outros líquidos, pois a sede é sinal de necessidade de água pura no organismo”, aponta Maria Betânia Beppler, clínica geral e coordenadora médica.

A sede é um problema, pois quando sentimos sede significa que o corpo já está em processo de desidratação. O mais importante é evitar que o organismo peça água, mantendo a hidratação constante.

cérebro precisa de água

1 – Faça marcações em uma garrafa

Compre uma garrafa de 1,5 l de água e faça marcações de níveis de água que você precisa beber até determinados horários. Pode ser com caneta ou etiqueta. A meta é acabar com a garrafa até o final do expediente.

caneca

2 – Adote uma caneca

Ou uma garrafinha… ou um copo…  Ao olhar sempre para o recipiente em cima da mesa, você vai se lembrar de beber água, além, claro, de ser mais ecológico do que pegar um copinho plástico toda vez que sentir sede e descartá-lo.

tecnologia

3 – Coloque o celular para despertar

Programe o despertador do celular de hora em hora com um lembrete de beber água. Outra dica que funciona é deixar um post-it colado no monitor com o aviso. Com o passar dos dias, o hábito vai se fortalecendo e você não precisará mais de lembretes.

cérebro precisa de água

4 – Use a tecnologia a favor

Existem diversos aplicativos para smartphone que te lembram de beber água e você ainda pode anotar a quantidade ingerida para controle diário.

Além de manter as funções cognitivas em dia, a água é importante para o funcionamento de todos os órgãos, para a hidratação da pele e cabelos, para manter longe diversas doenças, como a infecção urinária e pedra nos rins, e diversos outros benefícios.

Que tal adotar uma caneca ou garrafinha agora mesmo para por em prática estas dicas?

Um abraço e até a próxima!