Boas maneiras nas redes sociais: como não ser um contato desagradável

Coloque-se no lugar dos outros: os conteúdos que você compartilha são divertidos ou inconvenientes?

Imagem Boas maneiras nas redes sociais: como não ser um contato desagradável

Somos educados para diferentes situações: como devemos respeitar as pessoas mais velhas, como nos portarmos em uma entrevista de emprego, como devemos compreender diferentes culturas e criações e assim por diante. Dentro desse contexto, nunca nos ensinaram as boas maneiras nas redes sociais, e ao longo dos últimos anos temos andado tateando no escuro.

É claro, não existem regras de comportamento no Facebook ou no Instagram, bem como só existem sugestões de condutas adequadas para se viver em sociedade. Então, se formos pensar bem, as redes sociais são uma extensão da vida em comunidade. Ou seja, não tem porque não respeitarmos os outros na esfera online e talvez seja uma boa ideia pensarmos bem no que vamos postar, comentar ou compartilhar com nossos contatos.

Como já falamos aqui neste post, algumas redes sociais como o Facebook já são bem mais relevantes em nossas vidas do que imaginamos. Portanto, algumas dicas podem te ajudar a não ser aquele contato que todo mundo se vê obrigado a bloquear ou excluir porque não aguenta mais. Então presta atenção em algumas dicas valiosas:

Não fique convidando as pessoas para jogos e eventos o tempo todo

Não tem muito o que falar nesse tópico, apenas repetir o que falamos no título: não fique enviando convites para jogos e eventos o tempo inteiro. É chato, ninguém gosta. Aliás, aposto que você também não gosta de receber notificações o tempo inteiro de coisas que você não tem o menor interesse, certo?

Não exponha as pessoas

Você pode compartilhar quantas fotos suas quiser, mas tenha cautela ao ficar dividindo várias fotos de um jantar íntimo com amigos. Talvez, na hora em que você fez os registros, seus amigos podem ter ficado sem graça de pedir para não serem expostos. Mas o fato é que nem todas as pessoas gostam de ter suas vidas documentadas na timeline do Facebook.

Ah, e claro, nem precisamos dizer que não devemos expor os outros em situações comprometedoras, certo? Quando estiver em uma festa, por exemplo, deixe o celular de lado, ou então faça registros apenas no início. Às vezes as pessoas bebem um pouco a mais (o que é completamente normal, afinal elas estão se divertindo) e é preciso entender que esse é um momento de descontração, e que nem todos se sentem à vontade de ter esses momentos expostos virtualmente.

boas maneiras nas redes sociais

Não faça spam no Whatsapp

Aqui a lógica é a mesma das notificações de jogos e eventos. Enfim: não faça spam no Whatsapp e em nenhum lugar!

Eu conheço gente que divulga, por exemplo, cursos bem específicos da área da saúde para todos os contatos do celular. Se você quer fazer uma publicidade realmente eficiente, selecione os seus contatos da área de interesse e mande a mensagem somente para eles. Assim você afunila sua divulgação e não deixa furiosos seus amigos que nada têm a ver com a área da saúde.

Ah, e se você tem uma empresa, cuidado com a divulgação do seu trabalho e de promoções frequentes pelo Whatsapp. Se você tiver um cadastro dos seus clientes e nele estiver presente o telefone pessoal, questione se eles querem receber futuras promoções pelo aplicativo. É bacana personalizar esse contato o máximo possível também. Por exemplo: se você tiver uma petshop, não adianta nada enviar as promos de ração de cachorro para clientes que têm apenas gatos. Faça um cadastro bem detalhe e alcance melhores resultados.

Cuidado com os áudios muito longos

Eu, particularmente, gosto de utilizar o envio de áudio no Whatsapp. Acredito que essa ferramenta facilita quando precisamos detalhar algo ou quando estamos impossibilitados de digitar. Mas também tenho consciência de que é superchato receber áudio enormes. Sendo assim, sempre procuro enviar mensagens curtas.

Se o assunto for longo, mande os áudios em partes, assim a pessoa pode ir escutando os arquivos conforme a disponibilidade dela e sem se perder no conteúdo.

Pense bem: as redes sociais vieram para facilitar nossas vidas, não? Então aproveite essa utilidade, mas não “estrague” a oportunidade que os aplicativos nos dão. Lembra de quando gastávamos uma grana todo mês por fazermos ligações e enviarmos mensagens SMS? Hoje quase não usamos mais essas alternativas, já que os apps como o Whatsapp são usados o tempo inteiro, então vamos aproveitar isso da melhor forma possível, ok?

Confira a veracidade dos links que compartilha

O Brasil é um dos países que mais compartilha fake News nas redes sociais, e os números desses compartilhamentos são assustadores. Então, faça um esforço para não fazer parte dessa fatia de usuários das redes, ok?

Faça uma pesquisa rápida no Google antes de dividir uma notícia com os seus amigos. Essa atitude é ótima não só para você não espalhar mentiras pela web, mas também para você não ser facilmente convencido por boatos.

Pense no impacto que suas redes sociais podem gerar na sua carreira

Sabemos que essa não é a forma mais profissional de selecionar pessoas, mas é fato que muitas empresas dão uma espiada nas redes sociais dos futuros entrevistados. E não, não estamos falando somente do LinkedIn, o site voltado para isso.

Eu mesma já participei de seleções em que demos uma conferida no Facebook dos candidatos, afinal queríamos avaliar a desenvoltura deles nas redes — a vaga era para Social Media, então fazia total sentido essa análise.

Por isso, se você está em fase de alguma seleção importante, dê uma conferida na sua timeline e veja o que está exibido em modo público e se tem algo por lá que pode te comprometer negativamente.

boas maneiras nas redes sociais

Saiba onde manter seus contatos profissionais

Se o contato é profissional, ele pode ter começo, meio e fim, se você achar melhor assim. De toda forma, será mesmo necessário seguir um contato profissional no Instagram só porque vocês conversaram uma única vez?

Eu tenho delimitado cada vez mais as minhas redes e tem sido ótimo. Como não consigo evitar os contatos de trabalho no Facebook, essa rede eu praticamente tenho usado só para isso. Já o Instagram eu uso para a minha vida pessoal e tenho como regra não ter por lá os contatos profissionais. Acho que é positivo ter limites e não misturar as coisas.

Ah, nesse tópico é importante também falar do Whatsapp. Cuidado para não ser invasivo ao contatar alguém por esse app. O número da pessoa é pessoal ou profissional? Não fique enviando mensagens em horários inadequados e saiba até onde você pode ir sem ser desagradável.

Cuidado com posts políticos e ideológicos

Veja bem, não estamos falando que você não pode fazê-los. O perfil é seu e você tem a sua liberdade de expressão. Mas, novamente, pense bem em como você quer ser visto. Se você usar suas redes para manter contatos profissionais, nem sempre é uma boa ideia expor publicamente suas opiniões políticas. Você pode acabar sendo mal interpretado ou, pior, você pode virar mais uma vítima da intolerância que assola as redes sociais.

Use da boa e velha empatia

E por último, fica um conselho que vale para todas as esferas da vida: sempre, mas sempre mesmo, se coloque no lugar do outro. Já fizemos um artigo por aqui falando especificamente sobre empatia, então aproveite para fazer essa leitura.

Antes de postar um conteúdo, tente compreender se ele não é chato, repetitivo, inconveniente ou ofensivo. Pense bem: você gostaria de ver o conteúdo que você compartilha?

E por aí, você já passou por alguma situação irritante em que faltou um pouco de boas maneiras nas redes sociais? Como você costuma filtrar e gerenciar os seus diferentes perfis?

302

Espaços de Coworking conhecidos
em São Paulo

Alterar região ↺

Experimente trazer a sua empresa para um ambiente
mais inspirador, ágil e flexível.

Conheça todos espaços em São Paulo Eu não estou em São Paulo ↺