ClickShare: apresentação sem fio e sem complicação

Conheça uma solução rápida, prática e feita exclusivamente para o mercado corporativo.

Imagem ClickShare: apresentação sem fio e sem complicação

Este é um conteúdo publicitário, mas feito com pra você. A responsabilidade das informações é da respectiva marca.

É curioso como, quando se idealiza um espaço compartilhado, ainda no universo imaginário do projeto dos sonhos, os futuros founders têm pouca noção do que os aguarda. Imagine você que ainda tem gente que acredita que coworking é apenas um negócio para lucrar com aquela garagem vazia e ociosa, e que os coworkers só vão chegar lá, conectar no wi-fi e pronto!

Não queremos ser o balde de água fria por aqui, mas precisamos constantemente relembrar que os desafios diários vão desde o papel trancado na impressora até a gestão da comunidade. É até frustrante perceber quando alguns espaços fazem um ótimo planejamento, sabem bem quem é o seu público-alvo, mas acabam falhando em pontos (que podem parecer meros detalhes, mas são importantíssimos!) como as janelas sem persiana que provocam reflexo nas telas dos computadores.

Um dos perrengues mais frequentes em grande parte dos coworkings acontece nas salas de reuniões. De acordo com dados revelados por uma pesquisa da Barco, 91% dos gerentes de TI consultados afirmaram que as complicações mais vistas em escritórios são problemas técnicos em apresentações.

E foi da necessidade de solucionar essa questão tão estressante que surgiu o ClickShare, um aparelho plug and play que transmite as informações necessárias do notebook, tablet ou celular direto para a TV ou projetor.

“A proposta do ClickShare é tornar simples a forma de apresentar, economizando tempo, independente do dispositivo que você esteja utilizando”, resume Amanda Nakaiama, executiva de canais de vendas da empresa.

Quem compra o produto recebe duas peças: um roteador, que fica fixo perto do equipamento da sala de reuniões (televisor,monitor ou projetor), e o Button, que é o dispositivo que se conecta ao notebook. Depois de conectado pela porta USB, com um click a transmissão inicia. Para dispositivos móveis, basta encontrar a rede gerada pelo ClickShare.

Adeus aos cabos que nunca funcionam quando mais precisamos deles

Em meio a cabos HDMI, VGA, DVI e adaptadores que nem sempre funcionam ou que não são compatíveis, perde-se tempo e ganhe-se rugas de estresse. Às vezes, a preocupação começa antes mesmo de nos deslocarmos para a reunião. Quantas vezes nos programamos para chegar pelo menos 30 minutos mais cedo para prepararmos a sala?

Coworkings costumam ser espaços que prezam pela tecnologia, e é isso que os clientes esperam de um escritório compartilhado. Mas, na prática, a maior parte dos espaços ainda sofrem com a constante troca de cabos de vídeo e de som.

“Estive em um cliente que falou que eles trocavam os cabos de vídeo de todas salas de reunião a cada 3 semanas porque os usuários acabavam quebrando as pontas na hora de usar”, comenta Amanda.

Por conta de cabos que quebram e muitas vezes até somem das salas de reuniões, o custo da reposição acaba se tornando alto. Além disso, ainda tem o fator da compatibilidade que causa dor de cabeça.

Diante desse cenário, o ClickShare acaba se tornando um ótimo investimento. Isso porque, uma vez que o espaço compra o aparelho, não é preciso pagar mensalidades ou ficar fazendo manutenção no equipamento.

Para o cliente, mais facilidade. Para o coworking, mais tranquilidade para oferecer um serviço eficiente e sem ter que ficar prestando assistência a cada uso da sala de reuniões.

clickshare

Quanto vale o seu tempo?

Mais do que nunca, nesses dias corridos e cheios de informação para absorver, o clichê de que tempo é dinheiro é um fato. Agora preste atenção no número que a Barco chegou depois de um estudo mundial: as reuniões atrasam, em média, 23 minutos por conta de problemas técnicos. Se um coworking aluga suas salas de reunião por hora, quem paga por esse tempo perdido?

A ideia do ClickShare é que esse tempo não seja mais desperdiçado, uma vez que oferece uma solução simples e rápida. “Ajudamos a pessoa a chegar em um local e simplesmente trabalhar, sem que ela precise ficar pedindo ajuda do espaço o tempo todo”, explica Amanda.

Reuniões atrasam, em média, 23 minutos por conta de problemas técnicos.

O dispositivo não precisa ser instalado, basta conectar e usar. O Button do ClickShare pode ficar sempre na sala de reuniões, ou então o recepcionista do espaço pode entregar para o cliente quando for mostrar o local reservado.

Outro ponto positivo da solução é que não se fica preso a nenhum cabo de vídeo, e o alcance do sinal do transmissor chega a 50 metros. Funciona superbem para salas comuns de reunião, bem como para auditórios maiores e até mesmo em eventos em espaços maiores que utilizam telão ou projeção na parede.

Vale a pena tanto para grandes coworkings, que têm alta demanda na locação das salas, como para escritórios pequenos, que muitas vezes têm no time apenas o founder e um recepcionista para administrar tudo. Imagine se cada vez que ocorre um problema você tenha que deslocar um desses responsáveis para resolver? Sem contar que nem sempre existe solução para a situação.

É sempre importante lembrar da importância da otimização do tempo. Enquanto você está resolvendo tarefas bobas do operacional, você poderia estar pensando em ações mais importantes para o desenvolvimento do seu espaço.

Em números, o cálculo assusta. Coloque no papel: quantas pessoas acabam se envolvendo nas reuniões, a média salarial desses profissionais e a quantidade de minutos perdidos pré-reunião por conta de problemas técnicos. A Barco tem até uma calculadora para facilitar esse cálculo, você pode usá-la neste link aqui. E o pior de tudo: o prejuízo acontece tanto para o coworking como para o cliente.

Lembre-se: as experiências importam muito!

Outro ponto bem interessante do ClickShare é no quesito segurança. Por ser projetado exclusivamente para o mercado corporativo, tudo que é transferido entre o botão e a base é criptografado. Assim, não existe a possibilidade de o usuário ter informações vazadas ou coletadas durante a apresentação.

O produto faz as transmissões sem que o usuário se vincule ao coworking por meio da rede. Ou seja, não é preciso acessar o wi-fi do espaço, o que também evita interrupções nas reuniões caso aconteça algum problema na internet do coworking.

O ClickShare vale a pena não só pela economia em cabos e profissionais auxiliando na sala, mas principalmente por agregar valor ao espaço. Você mostra para o cliente que o coworking está preparado para receber pessoas de fora e que está antenado para as tecnologias do mercado.

Encontrar uma solução prática para satisfazer a demanda dos seus clientes é essencial, e o efeito a longo prazo que isso provoca é imensurável. A bagunça de cabos e o atraso nas reuniões por conta disso pode fazer que os clientes não contratem seu serviço novamente. Já uma sala bem equipada é praticamente um convite para que eles voltem sempre e falem bem da sua estrutura quando alguém pedir uma indicação de sala de reuniões.

O ClickShare é um dos apoiadores do Censo Coworking Brasil 2018. O produto é patenteado pela Barco, uma empresa belga que atua no Brasil há 22 anos, sempre lançando produtos que vão desde projetores de cinema até monitores médicos para diagnóstico e centros cirúrgicos. O sistema de apresentação sem fio do ClickShare já está no mercado há mais de 5 anos e é certificado pela Anatel.

Para conhecer mais sobre o produto, acesse o site www.barco.com/pt/clickshare.

Saiba mais sobre o ClickShare!

247

Espaços de Coworking conhecidos
em São Paulo

Alterar região ↺

Experimente trazer a sua empresa para um ambiente
mais inspirador, ágil e flexível.

Conheça todos espaços em São Paulo Eu não estou em São Paulo ↺