Home office ou espaço compartilhado? Fique com os dois!

Como aproveitar o melhor dos dois mundos. A tranquilidade do home-office junto com os contatos e networking do espaço compartilhado.

Imagem Home office ou espaço compartilhado? Fique com os dois!

Os espaços compartilhados de trabalho ganharam força nos últimos anos por oferecem excelente localização, serviços 100% disponíveis e, claro, aquela oportunidade de networking para você conhecer novos parceiros de negócio. Mesmo quem pode e gosta de trabalhar direto em home office, pode usufruir das vantagens deste tipo de estrutura.

Imagine, então, que você começou sua startup ou pequena empresa, ou ainda, é um profissional liberal ou consultor e se planejou para curtir sua vida em home-office. Os negócios começam a decolar e, com o tempo e a chegada de projetos maiores, os clientes começaram a perguntar “Onde vocês ficam?”, “Vamos marcar uma reunião” e coisas do gênero. Sem medo. Dá para viver a vida nos dois mundos, com as dicas que vou dar agora.  

Garanta a infraestrutura que seu home office talvez não tenha

Na verdade, são várias as situações que podem demandar o uso de um espaço compartilhado. A primeira que me ocorre é que um espaço de coworking é uma ótima alternativa para contornar qualquer problema técnico que seu home office possa ter.

Não se esqueça que vivemos a iminência de um novo modelo de acesso à banda larga fixa, com o projeto de fim da internet ilimitada e cobrança de franquias extras. Em um cenário como esse, faz toda a diferença contar com uma internet fluindo com toda a velocidade fora de casa. Isso sem falar em outro tipo de contingência, como obras em seu home office, quedas repentinas de energia elétrica, problemas com sua máquina etc.

home officeGanhe tempo em deslocamentos

Ok, você pode dizer que sua infraestrutura foi pensada nos mínimos detalhes e que não vai enfrentar problemas tão cedo. Mas, pense um pouco: já parou para analisar como o trânsito caótico das cidades do país, mesmo fora dos grandes centros, faz você perder horas valiosas em deslocamento? Ta aí uma outra dica interessante: termine ou comece seu dia em um espaço de trabalho compartilhado e ganhe horas produtivas entre uma reunião e outra. Se a sua reunião for no início da tarde, por exemplo, vá para seu espaço de coworking preferido e trabalhe mais um pouquinho depois do final do seu encontro. Assim, você ainda dá tempo do trânsito fluir e ficar menos estressante.

Ainda na categoria “ganhar tempo entre uma reunião e outra”, aproveite a agenda sempre cheia de workshops e meetups dos espaços de coworking e trabalhe sua agenda de forma inteligente. Por exemplo: se tiver liberdade em agendar, você mesmo, o horário de sua reunião, marque-a para o mesmo dia do curso que deseja fazer. Pronto: otimização total.

Reúna sua equipe para a informação fluir melhor

Eu já gerenciei muitas equipes remotas. Pelas minhas contas, mais de 100 profissionais. Com o tempo, percebi que o modelo híbrido é o melhor para conduzir este tipo de time.

Veja, reuniões de início de projeto, ou aquelas de alinhamento, são importantes para a qualidade de sua entrega. Fazer isso por Skype ou Hangouts é mais barato e ágil, sem dúvida.

Mas, caso sua equipe esteja geograficamente próxima, um encontro pessoal permite trocar ideias com mais intensidade, traçar planos e pensar junto em soluções de forma mais eficaz. Além, é claro, de vocês se conhecerem.

Receba seus clientes

E, claro, você pode usar um espaço compartilhado para uma das atividades mais comuns e um dos motivos pelos quais este tipo de negócio foi inventado: receber clientes em momentos chave do seu projeto.

Imagine realizar a apresentação do projeto mais caro do semestre em um café? Ou, ainda, em sua casa? Ou, então, organizar e implementar todos os passos de um gerenciamento de crise sem ter tranquilidade para chegar a uma solução junto a seu maior cliente? Poderia aqui dar exemplos para cada tipo de profissão e situação. Em comum, eles teriam a seguinte ideia: uma sala de reunião bem preparada, com serviços à disposição, faz toda a diferença.

Concluindo

Quando a gente consegue montar uma estrutura para trabalhar a partir de home-office, o ganho em qualidade de vida é notório. Mais horas à disposição de suas tarefas, comida mais saudável e uma rotina até mesmo mais tranquila são só algumas das vantagens.

Contudo, unir estas facilidades à estrutura de um espaço compartilhado pode dar outra dimensão à sua atividade profissional, projetando uma imagem diferenciada para colaboradores e clientes.

Na dúvida entre home office ou coworking? Fique com os dois!

____

Mauro Amaral é Head da contemconteudo.com e faz reuniões em locais públicos, desde que mantenha privado o pulo do gato. Se quiser conhecer sua metodologia para pesquisa, produção e disseminação de conteúdo para pequenas empresas e startups, visite o site.

227

Espaços de Coworking conhecidos
em São Paulo

Alterar região ↺

Experimente trazer a sua empresa para um ambiente
mais inspirador, ágil e flexível.

Conheça todos espaços em São Paulo Eu não estou em São Paulo ↺