Por que ainda é importante investir no networking presencial

A importância do olho no olho no mundo dos negócios.

Imagem Por que ainda é importante investir no networking presencial

Em uma época que acreditamos ser possível fazer quase tudo online, você já parou para pensar porque os grandes executivos ainda vivem viajando semanalmente para importantes reuniões? Ou então, imagine se, durante um processo de seleção para novos funcionários, uma empresa resolvesse fazer tudo na base do LinkedIn ou da espiadinha no perfil do Facebook. Todos os concorrentes poderiam ter um currículo aparentemente impecável e a decisão final fica por conta de quem tem mais ou menos fotos constrangedoras em festas nas redes sociais. Já pensou?

Podem vir todas as novas tecnologias que nem imaginamos serem possíveis, mas não há nada como o olho no olho e as impressões arrebatadoras que você pode causar durante um networking presencial. Então, se você criou todo o seu negócio na tela de um computador e está só esperando as pessoas curtirem a sua fanpage ou visitarem seu site, que tal ser realmente visto pelas pessoas?

networking presencial 2

Invista tempo, não apenas dinheiro

Sabemos que tempo é dinheiro mas, principalmente no início de qualquer empreendimento, sua disponibilidade presencial para fazer novos contatos é tão importante quanto as economias investidas no seu produto ou serviço. Faça cartões de visitas e se jogue nos eventos que tiverem alguma relação com o seu mercado. Palestras e seus coffee breaks ainda possuem muito poder se você estiver disposto a conhecer novos profissionais e se estiver pronto para vender o seu peixe.

Se possível, deixe o computador e internet para o operacional e tenha uma agenda de eventos físicos, porque é como o velho clichê diz: é preciso ser visto para ser lembrado. Muitas vezes você vai marcar presença em feiras e reuniões que de cara não parecem ter nada a acrescentar, mas ao olhar para o lado e puxar assunto com uma pessoa aleatória, você pode ser exatamente o que ela estava procurando.

Ah, também é importante dizer que o networking presencial não é uma caçada. Você não vai sair de um encontro com dezenas de novos clientes ou com contratos fechados. É preciso compreender que o networking vai muito além disso. É a partir desse marketing pessoal que você aumenta a sua visibilidade no mercado e, consequentemente, com o tempo, conseguirá expandir a sua influência e presença.

Troque ideias no networking presencial, não apenas cartões de visita

Certa vez eu fui em uma palestra e lá havia uma mesa para que cada participante deixasse algumas unidades do seu cartão de visitas. Ao final, haviam pilhas de cartões solitários que as pessoas mal passavam os olhos por cima. Percebi que poucos dos participantes realmente abordavam uns aos outros para conversar, e que os grupinhos de pessoas que já se conheciam predominavam. Vários erros nessa cena, hein?

Primeiro, se você vai pagar para participar de um evento para ficar o tempo todo conversando com o amigo que foi com você, nem saia de casa e, por favor, economize seu dinheiro.

Primeiro, se você vai pagar para participar de um evento para ficar o tempo todo conversando com o amigo que foi com você, nem saia de casa e, por favor, economize seu dinheiro. Esteja disposto a trocar cartões de visita, abordando pessoas, se apresentando e falando um pouco da sua empreitada como empreendedor.

Segundo, tenha uma conversa sólida, mas não apenas como um vendedor. Tenha uma história para contar, sobre a sua formação, sobre as suas metas e ambições, sobre o diferencial do serviço que você presta ou qualquer outro ponto que você ache relevante com aquela pessoa específica que você começou a travar um diálogo.

Ninguém gosta de discurso pronto, as pessoas gostam de se sentir especiais e, para conseguirem continuar uma conversa, gostam de pensar que existe uma conexão acontecendo. Desde o primeiro momento, busque em cada conversa esse laço que vai fazer com que a outra personagem se lembre de você depois de ir pra casa.

networking presencial 1

Faça networking virtual, mas com cuidado

Quando não houver nenhum evento para marcar presença, invista também no networking virtual, mas sempre com cuidado e estratégia. Ampliar sua rede de contatos apenas para buscar números e aparências não é – nem nunca foi – algo realmente válido.

Em tempos de esgotamento das redes sociais, na primeira oportunidade o seu número de seguidores vai ser confrontado com seus gráficos de engajamento e aí a sua credibilidade pode acabar mal.

Não é legal mandar dezenas de newsletters por semana, ninguém gosta e só vai causar desconforto. Forçar comentários que claramente não passam de Ctrl C + Ctrl V em blogs e redes sociais alheias também não é uma estratégia inteligente, ok?

São muitas as regrinhas de boa convivência na web e até já falamos sobre algumas delas aqui neste post específico sobre redes sociais e marcas.

Por fim, a missão dessa história de networking presencial é fazer que com que, mesmo meses depois, ao se deparar com o seu cartão de visitas, a pessoa realmente lembre de você e que aquele pedaço de papel colorido não vá para o lixo, mas sim que vire uma oportunidade.

247

Espaços de Coworking conhecidos
em São Paulo

Alterar região ↺

Experimente trazer a sua empresa para um ambiente
mais inspirador, ágil e flexível.

Conheça todos espaços em São Paulo Eu não estou em São Paulo ↺