O que é endereço fiscal e como contratar



Endereço fiscal. Domicílio fiscal. Escritório virtual. Coworking. Todos esses termos fazem parte de um mesmo universo, mas a diferença entre eles pode ser confusa para quem está entrando nisso agora.

Esse é o seu caso? Não tem problema! Neste post você vai descobrir o que é endereço fiscal, bem como entender qual é a diferença entre endereço fiscal e endereço comercial, além de saber quais são suas vantagens e desvantagens.

Preparado? Vamos lá!

O que é endereço fiscal

Endereço fiscal, ou domicílio fiscal, é o local que você aponta na documentação da empresa (registro de MEI, contrato social etc.) como referência para questões ligadas ao Fisco, de contabilidade, da sua empresa – por exemplo, registro na Junta Comercial, endereço na Receita, entre outros possíveis documentos.

Ele pode ou não ser o endereço de onde sua empresa de fato opera. Isso depende das permissões para o estabelecimento de empresas estabelecidas pelas prefeituras e do tipo de empresa que você tem. Por exemplo, se for preciso manter um estoque ou atender clientes, provavelmente um endereço residencial não será adequado à abertura da sua empresa.

Isso nos leva, ainda, a uma pergunta bastante recorrente:

Qual é a diferença entre endereço fiscal e endereço comercial?

Como vimos, o endereço fiscal é aquele ligado às burocracias, ao estabelecimento jurídico e contábil da sua empresa, para que ela possa funcionar de acordo com o que é estabelecido pelo Estado.

Já o endereço comercial pode ser mais informal, pode ser aquele que vai na sua papelaria – cartão de visitas, cartas comerciais etc. – e que você passa para o cliente quando precisa dar uma referência física da sua empresa.

Como o serviço de endereço fiscal pode envolver muitas questões de governo e varia conforme as regras das diferentes prefeituras dos mais de 5.000 municípios brasileiros, talvez a oferta de domicílio fiscal ainda seja um tanto restrita entre os coworkings e escritórios virtuais.

Por sua vez, a oferta de serviços de endereço comercial para quem, por exemplo, trabalha em home office e precisa de um local corporativo para apresentar aos clientes é bem mais difundida. Assim, é possível encontrar espaços de trabalho compartilhado com planos dessa modalidade por preços bem camaradas aqui mesmo no Coworking Brasil.

Vantagens de usar

O serviço pode ser bem útil e ter diversos benefícios a depender do seu perfil e do perfil da sua empresa. Vamos ver alguns deles:

  • Não precisar usar o endereço de casa. Nós que trabalhamos em casa já misturamos bastante da vida pessoal com a profissional no dia a dia. Usar o endereço fiscal é uma forma de não abrir tanto a sua “intimidade” para clientes. Como dito, também nem sempre é possível abrir empresa em casa, então é uma forma de ultrapassar esse problema.
  • Estabilidade de endereço. Se você mora de aluguel ou costuma se mudar com alguma frequência, alterar toda hora a papelada pode ser um pesadelo muito mais caro do que simplesmente pagar a mensalidade do endereço fiscal.
  • Recebimento de correspondência e encomendas. Muitos coworkings e escritórios virtuais que trabalham com o serviço de domicílio fiscal oferecem junto a possibilidade de recebimento de cartas e encomendas. Mais uma comodidade!
  • Economia. Se o caso da sua empresa se encaixar naqueles em que não é possível usar o endereço de casa para registro, contratar o endereço fiscal é bem mais barato do que alugar um ponto comercial no início das suas atividades.

Desvantagens de usar

No entanto, como nem tudo são flores, o endereço fiscal também pode ter alguns contratempos. Por isso é bom estar muito bem informado. Vejamos!

  • Empresas que precisam de inscrição estadual podem ter dificuldades. Nem todos os estados permitem que empresas que precisam de inscrição estadual estabeleçam um endereço compartilhado como domicílio fiscal. Onde é permitido geralmente os coworkings ou escritórios virtuais especificam isso na lista de vantagens.
  • Alguns tipos de empresa não podem ter endereço em coworking. Atividades que requerem a instalação de grandes equipamentos e alvarás mais robustos com inspeções in loco não conseguem autorização de registro em escritório, por razões óbvias.
  • Pagamento mensal recorrente. Para quem tem endereço fixo, não pretende se mudar tão cedo e presta apenas serviços sem atendimento ao público, pode ser que o investimento não compense, porque geralmente esse tipo de profissional pode fazer seu registro com o endereço de casa.

Como escolher seu endereço fiscal

Para escolher um bom domicílio fiscal, é importante pesquisar bastante, por exemplo, a estabilidade do escritório que você está contratando, há quantos anos ele está naquele endereço e, se possível, pedir referências de outras pessoas que também usem o serviço.

Assim você diminui as chances de precisar mudar toda a papelada da sua empresa caso o escritório venha a fechar ou de ter de lidar com outros imprevistos.

Para contratar um endereço fiscal, você pode encontrar um espaço que ofereça o serviço aqui na nossa plataforma. É só mandar um e-mail e aguardar as instruções da empresa para que vocês possam dar continuidade ao processo.