Coworkings pelo mundo: uma comunidade criativa em Barcelona

O Makers of Barcelona, ou apenas MOB, é uma das comunidades mais sólidas da cidade catalã.

Imagem Coworkings pelo mundo: uma comunidade criativa em Barcelona

A Espanha é o terceiro país mais visitado do mundo e agora começa a ganhar força também com seus empreendedores e startups. A capital Madrid é efervescente, mas é Barcelona que costuma ganhar o coração dos nômades digitais. Já são quase 100 coworkings em Barcelona para quem busca um lugar para trabalhar, fazer networking e dividir experiências.

Para os viajantes brasileiros, a Espanha é sempre uma tentação. A nação é, de certa forma, parecida com o Brasil, já que oferece diferentes climas e paisagens, que vão das montanhas frias as praias de temperaturas agradáveis praticamente o ano inteiro. A gastronomia é outro ponto de destaque, já que, além de deliciosa, proporciona variados sabores e influências.

coworkings em Barcelona

Cidade: Barcelona

Na disputa entre Madrid e Barcelona, ficamos com a segunda opção. A cidade, que tem dias ensolarados e quentes durante a maior parte do ano, é bastante agitada. Portanto, se você prefere os lugares mais pacatos, talvez não se dê tão bem com a capital da comunidade autônoma da Catalunha.

Barcelona está entre os três lugares preferidos dos nômades digitais. Segundo os reviews do Nomadlist, praticamente todos os itens analisados recebem boas ou ótimas notas. Mas tem um detalhe importante: é melhor que você tenha uma certa noção de espanhol. É claro que o inglês sempre ajuda, mas por lá os locais se dividem entre falantes do espanhol e do catalão, o que pode complicar um pouco a vida dos visitantes.

No mais, esteja aberto para se contagiar com a energia artística do lugar, com ruas coloridas e uma arquitetura única. As praias são sempre uma boa pedida, além da intensa vida noturna para quem curte festas e barzinhos.

A diversidade multicultural é perfeita para quem quer viver de tudo um pouco em um só local. A cidade é super inclusiva e respeita as diferenças e origens de seus moradores e turistas. Como uma cidade grande e europeia bem estruturada, aproveite para utilizar o ótimo sistema de transporte público, que tem tudo interligado.

coworkings em Barcelona

coworkings em Barcelona

coworkings em Barcelona

Onde trabalhar: MOB

O nome desse coworking já diz muito sobre o intuito deles: Makers of Barcelona (MOB). A cidade tem muitos espaços interessantes, mas o que mais chama a atenção para o MOB é a força da comunidade, espalhada em duas unidades. Se você fizer uma rápida busca nas redes sociais deles, de cara vai perceber como eles valorizam os membros e o que cada um faz.

A unidade MOB BLN fica em um prédio que costumava ser uma fábrica, enquanto o MOB PAU foi instalado em uma antiga escola e tem um rooftop superbacana, onde os coworkers passam boa parte do tempo. Ambos os espaços estão sempre em constante integração, promovendo intercâmbios entre os membros das duas unidades. Ao todo, são cerca de 300 profissionais de diversas nacionalidades circulando pelos escritórios.

coworkings em barcelona _ MOB

coworkings em barcelona _ MOB

Além do dia a dia de trabalho, o MOB promove workshops, cursos, oficinas para colocar a criatividade em prática, aulas de yoga no terraço e refeições coletivas para que a galera esteja sempre próxima.

Se você der uma olhada nas redes sociais deles, vai ver que os pets estão sempre por perto e que os ”thinkers” e “makers” que passam por lá estão sempre em evidência. Ah, no verão, rolar até um time de vôlei na praia.

Este é certamente um ecossistema que inspira para a inovação, crescimento pessoal e profissional, além do espírito de colaboração.

coworkings em barcelona _ MOB

coworkings em barcelona _ MOB

coworkings em barcelona _ MOB

Qual o custo de vida por lá e quando ir?

Para viajantes brasileiros com orçamento apertado, Barcelona talvez não seja tão interessante quanto Koh Lanta, na Tailândia, primeira cidade que mostramos aqui no Coworkings pelo Mundo.

Mas, quando comparada com outras grandes cidades da Europa, ela é mais econômica. Analisando os custos de vida de Londres, Roma e Paris, por exemplo, Barça é a mais barata.

No quesito hospedagem é que as coisas podem complicar um pouco, principalmente no verão (meses de julho e agosto). Os valores sobem bastante e talvez fique difícil de encontrar um bom lugar para ficar. Se puder escolher, opte por ir fora desse período. E se quiser fugir dos dias mais frios, evite os meses de janeiro a março.

Para trabalhar no MOB, a diária fica em 10 euros, enquanto o acesso 24/7 mensal você consegue por € 190. Não é um custo tão alto, principalmente se você analisar todas as possibilidades de networking que essa comunidade com duas localizações proporciona. Uma boa ideia é começar fazendo um free tour pelo espaço e depois testar um dia de forma gratuita.

Em geral, Barcelona é uma cidade que pode ser muito cara se você não pesquisar. A boa notícia é que, se algumas coisas como acomodação são caras, outras como lazer e transporte são mais econômicas. Então sempre dá para encontrar um equilíbrio para não pesar o orçamento.

Para a locomoção é superpossível gastar bem pouco. Primeiro porque o transporte é relativamente barato e tem tudo interligado. Segundo porque a cidade não é tão grande, então dá para fazer muita coisa a pé ou de bike — sem contar que assim você conhece muito mais da localidade, e ainda faz um exercício.

 

Instagram: @mob_bcn

Facebook: facebook.com/MOB.BCN

Website: mob-barcelona.com

 

Leia também:

 

234

Espaços de Coworking conhecidos
em São Paulo

Alterar região ↺

Experimente trazer a sua empresa para um ambiente
mais inspirador, ágil e flexível.

Conheça todos espaços em São Paulo Eu não estou em São Paulo ↺