Coworking para profissionais de Marketing Digital: foco e produtividade

Em uma rotina enérgica, um coworking pode trazer o foco e os resultados em produtividade.

Imagem Coworking para profissionais de Marketing Digital: foco e produtividade

Hoje a nossa série sobre profissões vai abordar um dos nichos superpresentes na maior parte dos espaços compartilhados. O coworking para profissionais de Marketing Digital é uma realidade totalmente promissora, uma vez que consultores e novas agências buscam esse formato de trabalho cada vez mais próspero. 

Uma rotina necessária

É bem comum ver pessoas criativas que às vezes não produzem tanto quanto gostariam por conta da tendência de se perder nos próprios pensamentos. Essa característica pode sim ser construtiva, mas quando na dose certa.  

Agora junte esse perfil tão intenso com as redes sociais, que a cada minuto apresentam dezenas de novidades por timeline. Todo esse dinamismo é praticamente a fórmula da mente do profissional de marketing digital, juntando com uma boa dose de estratégia. 

Quem trabalha com canais tão enérgicos como as redes sociais às vezes precisa de um pouco de rotina para conseguir produzir, mas não uma rotina que aprisione. É assim, então, que os coworkings aparecem como uma solução ideal. 

coworking para profissionais de Marketing Digital

Como conta Vanessa Niro Machado, coworker há um ano no Villa Coworking, em Curitiba, a rotina desregrada do home office não funcionava, e as últimas experiências em agências de comunicação até foram legais, mas ela sempre acabava voltando para o espaço compartilhado. 

“Trabalhar em um coworking aumentou as minhas possibilidades e oportunidades. Isso porque eu conheci o local pensando somente em um espaço para um curso que criei de Marketing Digital, mas o ambiente e as pessoas me conquistaram e eu vim para ficar”, explica a consultora. 

Hoje, a founder da Lab Digital já considera o coworking como sua segunda casa, e acredita que no espaço compartilhado existem muito mais possibilidades e conexões facilitadas, além da necessária rotina que a deixa  mais segura. 

Foco 100% nos clientes

Abrir um escritório próprio pode parecer um sonho incrível, mas, na prática, as responsabilidades vão muito além de colocar o nome da sua empresa em uma fachada. Depois de passar pela experiência de ter uma sede própria para sua agência de marketing digital, Vanessa Veigah resolveu deixar tudo para trás e passou a trabalhar em uma sala no Urban Cowork, em Guarulhos. 

Vanessa não pensou duas vezes ao perceber a praticidade de não ter que se preocupar com a manutenção do local de trabalho, podendo dedicar seu tempo integralmente para o que realmente importa: seus clientes. 

Tudo que envolve a manutenção do escritório é responsabilidade do coworking e eu só me preocupo em entregar meu serviço e atender os clientes

“Minha vida ficou mais prática, porque hoje eu não me preocupo se tem café, se tem sabonete no banheiro, material de escritório, nem tenho que ligar para a operadora se a internet cair. Tudo que envolve a manutenção do escritório é responsabilidade do coworking e eu só me preocupo em entregar meu serviço e atender os clientes”, relata a founder da agência Mitrah. 

Outro ponto crucial para Vanessa permanecer trabalhando em um espaço compartilhado é a facilidade nas conexões, seja entre futuros clientes ou fornecedores de serviços que venha precisar. “Com muitas empresas no mesmo local, quando necessitamos de algum prestador de serviço, fica fácil de contratarmos dentro do coworking, o que acaba aumentando a segurança no fornecedor. Da mesma forma que as empresas aqui dentro possuem acesso a nós”, explica ela, enfatizando a importância do networking. 

 

Percebe como um coworking só tem a acrescentar para os profissionais e as novas empresas de marketing? Se você trabalha na área e ficou interessado em ter uma experiência semelhante, espia a nossa lista de espaços compartilhados aqui e procure o coworking mais próximo da sua realidade! 

 

Leia também: